PMDB DE IGARAPÉ-MIRI: FRANCISCO X TONINHO PESO PESADO…QUEM SERÁ O CANDIDATO ?

charge-pmdb-1024x707

O PMDB certamente é o partido mais antigo em Igarapé-Miri, mas até hoje não tem diretório municipal. Isso torna mais fácil a troca de comando por simples indicação de Comissão Provisória.

Já passou pela direção de muitos, entre eles os ex-prefeitos DANDA, PAIXÃO, DILZA e agora tem o comando de FRANCISCO PANTOJA.

Mas parece ser o partido com mais dificuldades de comando e união nos últimos anos.

A recente disputa interna pelo comando da Câmara Municipal e por consequência da Prefeitura levou NENCA e TONINHO PESO PESADO a dividirem o partido e chapas naquela eleição. O deputado estadual Iran Lima bancou Nenca, com o apoio de Francisco Pantoja. A deputada federal Simone Morgado preferiu apoiar Toninho.

O Peso Pesado levou a melhor e justamente com o voto do vereador Santuri, que é do PMDB.

Veio a confirmação das eleições suplementares e nova disputa se iniciou.

De um lado Francisco querendo ser o candidato a prefeito, com o apoio de um grupo suprapartidário (?!!?).

De outro Toninho Peso Pesado com a força da aliança com 6 vereadores e o comando da Prefeitura.

Restam poucos dias para as convenções, que devem iniciar no dia 21 de março. O PT deve ser o primeiro a deliberar, sendo certo que o candidato será Roberto Pina (PT), provavelmente com um vice que virá do PV, PROS ou PC do B, que já teriam fechado aliança.

Enquanto isso se espalham boatos de que Toninho não poderia se candidato ou que teria que renunciar para a disputa.

Não se sabe quem inventa essas estórias, mas certamente que o objetivo é enfraquecer o Prefeito Interino.

É certo que ele pode ser candidato e no exercício do cargo. Tanto que o Prefeito hoje eleito de Santa Maria do Pará, Alcir Costa, também era presidente de câmara e mesmo no cargo de prefeito interino teve o direito disputar as eleições suplementares naquele município.

Esse tipo de mandato “tampão” não será o motivo para tirar Toninho Peso Pesado da disputa.

A briga parece ser mais interna e poderá até mesmo definir quem ficará no comando do partido e até mesmo filiado ao PMDB depois da deliberação.

Se diz que é certo que aquele que perder a disputa da indicação para Prefeito nesta Suplementar irá sair do partido. Ou seja, saíra Francisco Pantoja ou o grupo de Peso Pesado.

E pode também ocorrer um racha, onde cada um dos grupos passe a apoiar candidato que não esteja no grupo do PMDB.

Se isto ocorrer, poderemos ter um deles (Tonhão ou Francisco) apoiando Pina, Joca, Darlene ou outro, caso o PMDB se torne pequeno para o dois.

Em poucos vamos saber qual será o saldo dessa disputa.

 

Anúncios