POLÍTICAS CULTURAIS COMO DIREITO FUNDAMENTAL E SUAS ESTIMATIVAS ORÇAMENTÁRIAS NO MUNICÍPIO DE IGARAPÉ-MIRI/PA

Falar sobre cultura ou esporte parece coisa simples e de conhecimento público. Mas analisar como se faz política pública com os recursos que são disponibilizados nos diversos governos exige certo estudo técnico.

Os gestores e políticos devem atentar para a necessidade de discutir e cobrar o financiamento público para áreas sociais importantes. O estudo do Dr. Paulo Sérgio de Almeida Correa aponta diversas etapas dos orçamentos feitos nos últimos anos para o Município de Igarapé-Miri e apresenta dados, falhas e distorções que precisam ser corrigidas.

Na prática poucos sabem quanto está destinado ao esporte (futebol, vôlei, basquete, etc.), aos eventos culturais ou para bibliotecas. E pior que isso é não saber no final de cada ano ou mandato quanto foi de fato gasto em cada uma dessas atividades.

O que fazer para mudar esse quadro ? Como pressionar para que o dinheiro destinado para área social de fato chegue ao seu destino ?

Quem sabe o estudo do Dr. Paulo Sérgio possa estimular o debate sobre tema tão importante e garantia fundamental do cidadão Miriense: A CULTURA.

Vejam o artigo:

ARTIGO PS CULTURA 0001

ARTIGO PS CULTURA 0002

ARTIGO PS CULTURA 0003

ARTIGO PS CULTURA 0004

ARTIGO PS CULTURA 0005

ARTIGO PS CULTURA 0006

ARTIGO PS CULTURA 0007

ARTIGO PS CULTURA 0008

ARTIGO PS CULTURA 0009

SELEÇÃO MIRIENSE X CAPITÃO POÇO DECIDEM VAGA NO FUTEBOL 2017

miri x cap poço

Nossa Seleção de Futebol Sub-18 encara hoje seu principal desafio no campeonato Paraense de Seleções de 2017.

O adversário de hoje é a Seleção de Capitão Poço e o espetáculo começa às 15:30 no CEJU que fica atrás do Mangueirão no bairro do Bengui, em Belém.

Vamos prestigiar nossos atletas, que são comandados por Cláudio Cardin Júnior que vem fazendo um bonito trabalho também na Escola Açaí de Futebol e começa a colher os frutos do esporte.

selecao miri sub 18 em 2017

A campanha dos Mirienses foi feita com jogos muito disputados, mostrando equilíbrio com os concorrentes:

Primeiro jogo Tailândia 3 x 1 Igarapé Miri

Segundo jogo Igarapé Miri 1 x 1 Tailândia

Terceiro jogo Tailândia 2 x 1 Igarapé Miri

Quarto jogo Igarapé Miri 2 x 1 Acará

Quinto jogo Igarapé Miri 1 x 1 Acará. E nos pênaltis Acará venceu por 2 gols.

Sexto Jogo: Igarapé-Miri 2 x 1 Tailândia

Nesta fase já estão classificadas as Seleções de Acará e também de Santa Bárbara.

tabela jogos sub 18 ano 2017

No mesmo grupo estão Tomé-Açu e Vigia, que disputam a outra vaga nestas quartas de finais, jogo que ocorre em Santa Izabel.

Vamos torcer pela nossa Juventude, para que garantir essa vaga na semi-final contra Tomé-Açu ou Vigia.

 

POSTO DE COMBUSTÍVEL CLANDESTINO EXPLODE EM ABAETETUBA. E NO MIRI TEM POSTO CLANDESTINO?

destaque-441014-abaetetuba-posto

Hoje se noticia com tristeza que pelo menos quatro pessoas ficaram feridas com a explosão de uma balsa flutuante que servia como Posto de Combustíveis em Abaetetuba.

E logo veio a informação da Polícia que tal posto era “clandestino”.

E por incrível que pareça, só quando a explodiu é que as autoridades vieram a tomar conhecimento.

O Corpo de Bombeiros não informa vítima fatal, pelo menos até agora, o que é um milagre, diante das fotos que já circulam nos jornais.

Em Igarapé-Miri um certo Pé de Boto utilizou durante anos seus postos clandestinos para fazer dinheiro. Até mesmo a Prefeitura, durante a gestão Dilza e do próprio Pé de Boto compraram combustível dos postos clandestinos das “Organizações Pé de Boto”.

A polícia até que chegou a fazer um flagrante contra o ex-prefeito durante uma diligência na Vila de Maiauatá, quando constatou que a balsa utilizada como Posto Flutuante funcionava sem autorização. Pagou umas cestas básicas após audiência na Justiça e riu da cara do delegado.

E tudo nas barbas da prefeitura, SEMA, da polícia e das demais autoridades. Por sorte até hoje não explodiu nenhuma em Igarapé-Miri.

Mas esse mesmo posto clandestino de Pé de Boto serviu para distribuição gratuita de combustível durante a campanha eleitoral de 2012 e foi quando se deu mal e acabou cassado por compra de votos, abuso de poder e caixa dois de campanha.

Mas que sirva esse alerta vindo de Abaetetuba e que se fiscalizem com rigor os postos de combustíveis que funcionam na Terra do Açaí…

A balsa que explodiu tinha o nome “Milena do Amaral”, que consta como de propriedade de WENDER DE JESUS DOS SANTOS AMARAL. Será que eram da antiga “Organizações Pé de Boto” ?

Em Igarapé-Miri os postos do ex-prefeito continuam em atividade, não se sabe no nome de quem…

Vejam a matéria do Diário do Pará:

posto abaetetuba

Um posto flutuante de combustíveis explodiu no final da manhã desta quinta-feira (10), no município de Abaetetuba, região nordeste do Pará. As chamas começaram por volta das 11h, em uma balsa ancorada no rio Maratuira, onde funcionários trabalhavam no local fazendo serviços de solda, em seguida, houve a explosão. 

A suspeita é que as faíscas, em contato com o material inflamável tenham causado a explosão.

Uma pessoa, identificada como Elton Rosa Monteiro, de 33 anos, caiu no rio Maratauía, que passa em frente à cidade, e está desaparecida.

Segundo o Corpo de Bombeiros, duas ficaram feridas e foram conduzidas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, com fratura no pé e com corte na cabeça. As vítimas foram identificadas como João Carol dos Santos Pantoja, de 37 anos e Edilton Santa Rosa Monteiro, de 31 anos. 

João Carol posteriormente foi encaminhado para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindoeua, Região Metropolitana de Belém. Em nota, o hospital informou que o paciente deu entrada na unidade às 14h55 dde hoje e seu estado de saúde é considerado estável.

Ainda segundo os Bombeiros, outras duas vítimas apenas foram atingidas pelos estilhaços com ferimentos leves e foram atendidas no local. 

O Corpo de Bombeiros afirmou ainda, que na explosão, destroços da balsa atingiram uma residência gerando incêndio, que rapidamente foi controlado pelos Bombeiros Militares.

Até às 16h27 de hoje, não houve confirmação de vítimas fatais.

Com o impacto da explosão, prédios localizados próximos ao posto tiveram vidros quebrados. Assustadas, as pessoas saíram correndo para a rua. 

“Além do grande barulho, tremeu todo o chão, balançou minha mesa. Ficamos todos desesperados”, relatou Maryelle Pantoja, que trabalha perto do local do incidente

“Balsa era cladestina”, afirma delegada da Superintendência Regional do Baixo Tocantins 

A Defesa Civil e a Secretaria de Meio Ambiente de Abaetetuba estão no local fazendo o levantamento da situação, juntamente com Policiais Militares, que estão isolando a área. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel (Samu) esteve no local.  O 15º Grupamento Bombeiro Militar – Abaetetuba também esteve atuando na ocorrência com a equipe de buscas do posto fluvial.

Em contato com o DOL, por telefone, a delegada da Superintendência Regional do Baixo Tocantins, Renata Gurgel, afirmou que a balsa era clandestina.

“Sim, era clandestina e estava fazendo um serviço de solda no local. Estamos ouvindo algumas pessoas. A perícia já foi acionada para determinar o motivo da explosão. Acionamos o IML e estamos aguardando o perito. Acredito que deve iniciar ainda hoje”, explicou.

Em nota, a Marinha do Brasil, por meio do Comando do 4º Distrito Naval, informou que a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) tomou conhecimento, por volta de 13h de hoje, da explosão de uma balsa que estava atracada no posto flutuante “Milena do Amaral”, na cidade de Abaetetuba (PA). Uma equipe de Inspeção Naval da CPAOR foi encaminhada ao local para ajudar nas buscas ao desaparecido e coletar informações para um Inquérito Administrativo que será instaurado visando apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente. 

Essa não é a primeira vez que acontecem incidentes com posto de combustível em Abaetetuba. Em maio do ano passado, uma embarcação explodiu após abastecer no posto flutuante no município. 

(DOL com informações de Márcio Costa/RBATV)

 

DONO DA BIG FARMA (LEITE) MORRE EM ACIDENTE DE TRÂNSITO EM BELÉM

michel e leite

O empresário LEITE era muito conhecido por ser dono da BIG FARMA, uma empresa com filiais no Baixo Tocantins e especialmente por ser da Vila de Maiauatá.

Um empresário ainda jovem, com 45 anos, mas que tinha influência também em outras atividades empresariais, além do ramo farmacêutico.

Ele foi vítima de uma acidente de trânsito na noite do dia 27, quando o veículo que ocupava passou na Avenida Almirante Barroso com Lomas Valentinas, na capital do estado.

Ao que tudo indica teria ocorrido avanço do sinal e o choque entre o HB20 em que Leite estava com Michel e um ônibus de transporte coletivo. Ele teria falecido ainda no local, tamanho o impacto dos veículos.

Essa fatalidade com esse Miriense lembra um outro caso que também consternou nossa cidade, resultado da morte do empresário Manoel João também em acidente de trânsito na capital do estado, entre um veículo de passeio e um ônibus de transporte de passageiros. Esse fato também marcou a Capital do Açaí. Manoel João era um próspero empresário do ramo de bebidas destacado na Casa Mirandinha.

Leite estava até ontem em Igarapé-Miri, durante a Festividade de Sant’Ana.

Ainda não se tem maiores informações sobre o liberação do corpo e do velório. Mas é bem provável que o enterro venha a ocorrer em Igarapé-Miri.

Fica a nota de pesar e de solidariedade aos amigos e familiares do Sr. Aldecir Quaresma Cardoso (LEITE) diante de uma morte tão súbita e inesperada, que certamente ainda vai ser difícil de ser superada.

Vejam as notícias sobre o caso já divulgadas no DOL e portal ORM:

destaque-437305-acidente-carro-onibus

Um carro ocupado por duas pessoas foi atingido por um ônibus na noite desta quinta-feira (27). O acidente aconteceu na avenida Almirante Barroso com a Lomas Valentinas, bairro do Marco, em Belém. A vítima que ocupava o lugar do passageiro morreu no local, e o condutor foi socorrido.

Segundo testemunhas, o condutor ultrapassou o cruzamento quando o sinal já mudava do vermelho para o amarelo. O coletivo da linha Curuçambá-UFPA, que vinha no sentido Belém-Ananindeua, atingiu a lateral do carro.

“Eu acho que ele pensou que daria tempo de passar no sinal amarelo, mas logo depois ficou vermelho e já não deu para voltar infelizmente”, descreve uma testemunha que prefere não ser identificada.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar deslocaram-se ao local para dar início aos trabalhos de socorro e investigação.

Os Bombeiros precisaram de um equipamento especial para retirar a vítima que faleceu das ferragens.

O motorista do ônibus e os passageiros não ficaram feridos. O condutor confirmou aos agentes da Polícia Militar que o carro ultrapassou o sinal.

 

acidente LEITE

Por: Portal ORM 27 de Julho de 2017 às 22:20 Atualizado em 27 de Julho de 2017 às 23:19

Um grave acidente de trânsito envolvendo um ônibus e um carro de passeio resultou na morte de um homem na noite desta quinta-feira (27), no bairro do Marco, em Belém. Aldecir Quaresma Cardoso, 45 anos, estava no assento do carona, o exato local que foi atingido pelo coletivo, e não resistiu ao impacto da batida.

O acidente ocorreu no cruzamento da avenida Almirante Barroso com a travessa Lomas Valentinas. Por volta das 20h30, o ônibus da linha Curuçambá-UFPA estava indo na direção da avenida João Paulo II, pela Lomas. O carro, modelo HB-20, vinha pela avenida principal e, segundo relatos de testemunhas, teria avançado o sinal vermelho. O motorista do ônibus disse que não teve tempo de frear e evitar o choque, atingindo o veículo menor na lateral, no lado do carona.

O impacto foi tão forte que o carro de passeio foi arrastado por vários metros, parando do outro lado da Almirante Barroso. De acordo com o sargento Mesquita, do Corpo de Bombeiros, o motorista do carro foi socorrido por uma ambulância do Samu e está em estado estável. O carona, entretanto, não resistiu aos ferimentos e ficou preso nas ferragens, com os bombeiros tendo que serrar a porta para libertar o corpo de Aldecir, em um trabalho chamado de desencarceramento.

FÉ E EXPRESSÃO CULTURAL MARCAM INÍCIO DA FESTA DE SANT’ANA EM IGARAPÉ-MIRI

20106463_1192949280809066_7561154185917821379_n

(Romeiros caminharam seguindo a berlinda que conduziu a imagem)

Aconteceu ontem (16/07) mais uma edição do Círio de Sant’Ana em Igarapé-Miri, microrregião do Baixo Tocantins/PA. O círio marca o início da Festividade de número 303. Umas das mais importantes do Pará.

O primeiro dia da Festa de Sant’Ana foi marcado momentos de expressão da diversidade cultural na terra de açaí.

A programação começou com a alvorada acompanhada do  já tradicional “café com Sant’Ana” que levou centenas de mirienses ao largo de Sant’Ana, logo pela madrugada.

Uma das atrações da alvorada foi o Grupo de Expressão Cultural Massarimbó que com a musicalidade de raiz contagiou a todos os presentes. Outra atração da alvorada foi o grupo “Vida Ativa” conduzido pela tia Vavá. Além da Banda de Sant’Ana que já é elemento fundamental na Festividade.

20228952_1192950290808965_8738250312280432847_n.jpg

(Dançarinas do grupo Massarimbó)

download

(Banda de Sant’Ana, um dos elementos importantes da Festividade)

Após a alvorada uma missa foi celebrada para o público católico. Logo seguida , a procissão saiu da comunidade São Benedito, Centro Comercial de Igarapé-Miri e percorreu várias ruas da cidade, chegando por volta de 11 horas da manhã na Igreja de Sant’Ana.

20031919_444831049223866_6922962807243597090_n

(Fiéis da Igreja evangélica CEIA deram exemplo de humanidade ao distribuir água para os romeiros)

À noite várias atividades culturais animaram a programação social que foi coordenada pelas mulheres católicas do município.

A atração denominada “Sant’Ana musical” garantiu animação do público no largo de Sant’Ana ao som da banda JAC e Juventude Marial.

No próximo domingo 23/07 acontece Círio Fluvial com saída da Vila Maiauatá até a sede do município.

Este ano a Festividade de Sant’Ana tem como tema “Na festa de Santana celebramos os 20 anos de fé partilha na Diocese de Cametá”.

A festividade de Sant’Ana de Igarapé-Miri segue até o dia 26 de julho, quando acontecerá a missa de encerramento.

TCM REJEITA CONTAS DE FUXICO E DILZA. E ADIA JULGAMENTO DE PINA E DA MULHER DE PÉ DE BOTO

tcm pa

O TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) vem adotando mudanças nos últimos anos visando ser mais rápido no julgamento de contas de gestores públicos.

Mas o resultado ainda é lento, no entanto, tudo pode mudar com o envio eletrônico das contas das prefeituras e câmaras municipais.

As contas do ex-prefeitos Miguel Pantoja e Mário Leão (já falecidos) demoraram décadas por lá.

Mas o recurso da ex-prefeita Dilza Pantoja referente ao exercício de ano de 2005 foi julgado. Essa conta já havia sido reprovada, mas a ex-prefeita tentou reduzir as penalidades. Não adiantou, as contas desse ano foram REPROVADAS. E o TCM aplicou multas e vai encaminhar ao Ministério Público para que analise as irregularidades. Vejam o voto do Conselheiro Antônio José Guimarães:

contas dilza 2005

O GM também disponibiliza o voto do Conselheiro Substituto José Alexandre da Cunha Pessoa que foi acolhido para a rejeição das contas de Dilza Pantoja relativa ao ano de 2007, também com aplicações de multas e recomendação ao Ministério Público:

voto_12775_23_06_2017-08_36 DILZA 2007

O ex-vereador Fuxico também teve contas DESAPROVADAS referente à sua gestão na Câmara Municipal no ano de 2013.

Vejam o voto que foi acolhido por unanimidade no TCM em que era relator o do Conselheiro Sérgio Leão:

voto_12604_23_06_2017-13_11 CONTAS FUXICO 2013

As contas do ex-prefeito Roberto Pina relativas ao FUNDEB ano 2011 e da ex-secretária de assistência Elisia dos Santos da Costa do ano de 2013 (esposa de Pé de Boto) chegaram a entrar em pauta. Mas os conselheiros Cézar Colares e Sérgio Leão decidiram adiar os julgamentos.

Devem retornar para a pauta brevemente e em ambos os casos o parecer técnico é pela DESAPROVAÇÃO das contas desses anos, com aplicação de penalidades.

O TCM ainda pode mudar o julgamento após essas condenações, pois sempre cabe recurso. E caso ocorra os ex-gestores e apareçam com documentos ou justificativas para mudar a condenação, os recursos podem livrar das penalidades ou reduzir multas.

Boa parte dos eleitores não liga muito para esses julgamentos e nem para as denúncias e condenações de políticos.

Mas seria bom que isso mude. É na prestação de contas que se vê como o dinheiro público foi empregado.

E pior, mesmo quando ocorre condenação, quase nunca é devolvido…

VAI TER DEMISSÃO DE TEMPORÁRIOS EM IGARAPÉ-MIRI ?

demissao voluntaria

A fofoca anda rolando solta em algumas rodas de políticos da Terra do Açaí: centenas de temporários poderão ser demitidos.

Um vereador que pede para não ser citado, diz que escutou do Prefeito Pesado que existe uma lista de demitidos prestes a sair do forno. E seria de mais de 400.

Os motivos ele não soube explicar direito, se seria falta de dinheiro para pagamento, já que alguns reclamam de atrasos de até 2 meses. Ou se seria pelo excesso de contratações. Também não diz de que secretarias poderiam sair tais servidores.

No portal da Prefeitura não se viu nas gestões anteriores e nem se vê até agora folha de pagamento, mesmo estando em vigor a Lei da Transparência e orientações do TCM.

O Sintepp diz que na SEMED também nega publicidade, tanto que apelou ao Promotor.

Assim, o cidadão fica sem saber quem é funcionário da prefeitura ou quantos são.

Tomara que o boato não seja verdadeiro, que sejam apenas dor de cotovelo dos que não conseguiram uma vaga.

Em tempos de crise em todo o país, que se estende por 3 anos, parece até não ter data para acabar, com tantos escândalos e trocas de gestores. E quem vem pagando o pato são os trabalhadores.

O nível de desemprego continua elevado. O mês de julho se aproxima e o Miriense já pensa na Festa de Sant’Ana. Mas liso fica difícil…

demissões