PESADO E CARLÃO TEM 24 HS PARA COLOCAR MERENDA NAS ESCOLAS

merenda

O Promotor de Justiça de Igarapé-Miri parece que não se contentou com as denúncias do Sintepp sobre a falta de merenda nas escolas e resolveu ir pessoalmente nas unidades de ensino da Terra do Açaí.

E viu com seus próprios olhos como sofrem as crianças do nosso município.

A falta de merenda, de transporte escolar e outros desmandos da gestão Pesado e Carlão já foram denunciados no GM, a partir de informações de diversos leitores e entidades. Alguns com medo de se identificar temendo represálias por serem funcionários públicos.

O relato do Ministério Público é estarrecedor e foi divulgado para todo o Estado do Pará na tarde de hoje via site do MP/PA. Vejam:

IGARAPÉ-MIRI: MPPA visita escolas e constata a falta de merenda escolar

O Ministério Público do Estado do Pará (MPAA) expediu recomendação à Prefeitura e Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Igarapé-Miri, para que seja regularizado em 24h o fornecimento de merenda em todas as escolas do município. Em visita realizada a algumas escolas nesta segunda-feira (12) o promotor de Justiça Daniel Menezes Barros identificou a falta de alimentação adequada aos alunos da rede pública de ensino.

É revoltante, as crianças não tinham alimentação, apesar dos fartos recursos depositados nos cofres da prefeitura para aquisição de merenda escolar“, desabafa Daniel Barros.

Ao deparar-se com tal situação, o representante do MPPA no município dirigiu-se à Secretaria de Educação, onde encontrou os funcionários no horário do lanche. “Perguntei a um funcionário se aquela merenda estava sendo servida pela Semed ou através de coleta dos funcionários. O funcionário respondeu então que se tratava de uma merenda ofertada aos funcionários pela Semed, e, portanto, paga com recursos públicos”, explica o promotor de Justiça.

A recomendação prevê que além de normalizar em 24h o fornecimento de merenda nas escolas, Prefeitura e Semed devem providenciar processo licitatório em até 30 dias para aquisição de mantimentos, garantindo a regularidade do fornecimento de alimentos conforme cardápio escolhido.

Também deve ser garantido pelos órgãos municipais que haja a disponibilização, no prazo de 60 dias, de merendeiras ou servidoras habilitadas para o manuseio e preparo dos alimentos, e ainda uma nutricionista para elaborar um cardápio adequado para uma alimentação saudável para as crianças.

Em relação a estrutura física das escolas, o documento destaca que a Prefeitura e Secretaria de Educação deverão cumprir, em 30 dias, de forma correta, as condições de armazenamento dos alimentos e disponibilizar água encanada, filtros, geladeiras, armários e os objetos necessários para uma correta manipulação dos alimentos.

O promotor de Justiça Daniel Barros frisa na recomendação que o município deverá criar, implementar e estruturar o Conselho de Alimentação Escolar sob responsabilidade de profissionais da área de educação.

“Em uma das escolas inspecionadas foi constatado, através de perguntas feitas aos alunos, que em alguns dias da semana a merenda escolar, quando tem, se resume a quatro biscoitos e um copo de suco artificial, totalmente inadequado a uma alimentação saudável dos alunos”, narra Barros.

Em caso de não acatamento da recomendação no prazo estipulado, o MPPA entrará com medidas judiciais.

Texto: Joyce Assunção- Revisão: Edyr Falcão – 13/06/2017 às 15:36

cade a merenda

O blog É DA AMAZÔNIA também já havia denunciado a falta de merenda nas escolas e publicado até mesmo o valor repassado pelo governo federal, conforme noticiou o GM: https://gazetamiriense.wordpress.com/2017/04/26/prefeito-pesado-cade-a-merenda/

E cadê o dinheiro da merenda ? Mais de 500 mil reais já foram repassados pelo governo federal de janeiro a maio deste ano, fora o dinheiro do estado e do município que complementam as os recursos da merenda. E as aulas começaram com atraso e sem transporte escolar.

REPASSE PARA MERENDA ESCOLAR

Que empresas foram contratadas nas licitações publicadas no Diário Oficial. Onde está a prestação de contas ?

Toninho Peso Pesado vem se tornando campeão de denúncias e ao que parece logo também será recordista de condenações. Depois vão botar a culpa nos outros ou dizer que foram perseguidos.

A Justiça Eleitoral deverá retomar na próxima terça-feira o julgamento de um caso envolvendo abuso de poder político, econômico e condutas vedadas ainda do ano de 2015. E ele só ficou 5 meses e 09 dias no cargo. Imagine agora no que isso vai dar !!!

Foi eleito, mesmo condenado judicialmente, mas parece não estar nem aí para o que diz a população, muito menos as autoridades. Afinal, já está diplomado e empossado.

Será que é isso mesmo ?

O Promotor deu prazo de 24 horas para que tanto Pesado como o Secretário de Educação Carlão resolvam o problema da falta de merenda. Alguém acredita que amanhã ou segunda-feira as crianças terão merenda nas escolas públicas municipais ?

Está feito o desafio. Alunos ou professores das nossas escolas municipais, mandem fotos ao GM da merenda que vai ser servida amanhã e segunda-feira. Não precisa se identificar, basta informar o local. E vamos divulgar…até mesmo nas redes sociais.

E desta vez não vale 4 biscoitos e um copo de k-suco por aluno.

Palhaçada de um gestor público servir esse tipo de merenda aos alunos, que são filhos de tantos Mirienses. O compromisso de campanha foi registrado em cartório só para enganar os mais de 16 mil eleitores que confiaram que certos filhosiam cuidar de Ti”

Mas o GM publicou (https://gazetamiriense.wordpress.com/2016/09/06/conheca-os-candidatos-da-terra-do-acai-toninho-peso-pesado-pmdb/) e guardou as proposta de todos os candidatos do pleito de 2016. E para o leitor lembrar, veja que Pesado prometeu “merenda escolar regionalizada e de qualidade“. Será que nossa região produz bolacha ou k-suco ?

PROPOSTA EDUCAÇAO PESADO

Numa Terra abençoada com tantos frutos, a Capital Mundial do Açaí, servir aos estudantes/filhos “quatro bolachas água e sal e um copo de água doce com tinta…”

Que nossos cidadãos também criem vergonha e coragem para denunciar esses malfeitos.

Não é possível que depois de tanta desgraça ainda se tenha que suportar essas humilhações por mais quatro anos.

Já se nota uma certa revolta de alguns professores, até mesmo em comentários no blog, mas a maioria ainda teme perseguições, lembrando talvez da triste gestão Pé de Boto e do tempo de grupos de extermínio.

Será que todo tempo vai se esperar que um Promotor venha resolver os problemas da nossa cidade ?

E mais uma vez Igarapé-Miri vai para a mídia como lugar de “terra sem lei”…

Até quando ?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s