PROMOTOR PEDE BLOQUEIO DE BENS DE PESADO E OUTROS POR COMPRAS SEM LICITAÇÃO EM MAIS DE 750 MIL NO ANO DE 2015

MERCADINHO CANTO CERTO 02

O Ministério Público, em parecer do Promotor Laércio Guilhermino de Abreu, datado de 25 de Abril de 2017, pediu ao Juiz de Igarapé-Miri que defira liminar para bloquear os bens do atual Prefeito Toninho Peso Pesado e outros por compras feitas sem licitação e com diversas irregularidades ocorridas no ano de 2015.

O pedido do Promotor foi lançado numa ação de improbidade administrativa que está na Comarca de Igarapé-Miri. O ação busca a devolução de R$750.418,80 em compras feitas por Pesado e diversos secretários da época (Gel, Roberto Franco, Telysson, Pedro Santos). A empresa que vendeu foi a Raimundo Oliveira Fonseca Neto-ME (Mercadinho Canto Certo).

Vejam o destaque da parte final do Parecer:

PARTE DESTACADA PROMOTOR PEDE BLOQUEIO CONTAS PESADO

 

O caso já foi divulgado no GM ano passado:

https://gazetamiriense.wordpress.com/2016/03/30/notas-de-empenho-revelam-fraudes-e-superfaturamento-em-compras-de-toninho-pesado/

https://gazetamiriense.wordpress.com/2016/03/30/esquema-pesado-empresa-cobra-mais-115-mil-por-compras-supostamente-feitas-na-gestao-toninho/

E também foi destaque no Blog do Robson Fortes:

http://blogdorobsonfortes.blogspot.com.br/2016/01/alimentos-superfaturados-revela.html

Mas essa ação de improbidade pede a devolução do dinheiro e o bloqueio dos bens seria necessário para garantir que o Município receba de volta esses valores.

Mas hoje o Prefeito é o próprio réu da ação, ou seja, se for condenado, terá que devolver o dinheiro para a própria prefeitura que comanda.

Resta esperar saber o que a Justiça vai dizer, pois o processo está apenas começando. Vejam o inteiro teor do manifestação do Promotor:

PARECER MP PEDE BLOQUEIO PESADO 01

PARECER MP PEDE BLOQUEIO PESADO 02

PARECER MP PEDE BLOQUEIO PESADO 03

 

Anúncios

Um comentário sobre “PROMOTOR PEDE BLOQUEIO DE BENS DE PESADO E OUTROS POR COMPRAS SEM LICITAÇÃO EM MAIS DE 750 MIL NO ANO DE 2015

  1. o mais absurdo foi a justiça eleitoral deixar esse elemento se candidatar de novo , mesmo ele estar indeferido deram uma liminar e até hoje essa liminar não foi julgada

Os comentários estão desativados.