O DESABAFO DE UMA MIRIENSE QUE MORA NO RIO DE JANEIRO

MIRI PEDE PAZ

A mensagem foi encaminhada ao GM por uma leitora do blog que é Miriense e mora do Rio de Janeiro.

O escrito talvez sintetize o sentimento de muitos que mesmo morando distante gostam de sua Terra Natal e ficam tristes como todos nós por notícias ruins da Terra do Açaí.

Vejam o relato da leitora Edina:

Parabéns a todos que fizeram parte dessa operação Timbo.
Mas infelizmente, não é tudo o que o povo miriense está precisando.
Infelizmente não sei muito bem o que acontece com as autoridades responsáveis pelo município de igarapé miri, pois essa situação não é de hoje, nem de ontem, são anos e anos nessa pouca vergonha que o povo miriense esta vivendo, uma situação de emergência que parece não ter fim nunca, onde a polpulacao não pode sair de suas proprias casas, porque o medo já tomou conta da população, ninguém sabe a quem confiar,ninguém sabe a quem recorrer na hora que mais precisa, pelo simples fato do “MEDO” já ter tomado conta da população miriense, ninguem tem o direito se quer de um atendimento digno descente, no unico hospital que tem na cidade, um hospital que atende não so a população da cidade mas também a população dos ribeirinhos, um hospital que não tem recurso, que muitas das vezes não tem nem remédios nem médico para atender e socorrer a população, eu mesma que moro em outro estado, mas sempre que posso vou visitar meus pais, meus parentes que vivem na cidade de igarapé miri, já precisei ser atendida na emergência do hospital e Minha família teve que levar lençol de casa para forrar á maca e para me cobrir, minha família teve que sair para comprar remédio porque não tinha no hospital, quantas vezes meu pai e minha mãe que já são idosos, precisaram de um atendimento digno e não tiveram por não ter remédio ou médico especialistas, quantas vezes precisaram de exames de rotina e não puderam realizar dentro do hospital, uma pouca vergonha.
Sem contar na insegurança que todos sentem na hora de ir na única Praça que tem em igarapé miri, onde já se viu uma familia não poder levar seus filhos para brincar,porque sabem que não tem polícia nas ruas, sabem que violência é 24 horas na cidade de igarapé miri.
Minha família vive me falando que, todos os dias tem sempre um ou dois casos de mortos na cidade de igarapé miri, sem contar na violência que tbm ocorre nos interiores próximos.
Nasci em igarapé miri e na minha época de infância não era assim, eu podia sair á qualquer hora do dia, da tarde, da noite ou até mesmo voltar a qualquer hora da madrugada e nunca tive problemas com nenhum tipo de violência, nem tinha medo de andar pelas ruas de Igarapé miri, coisas que hoje ninguém pode fazer, nem criança nem adultos,nem ninguém, isso é um absurdo, pois as autoridades deveriam rever melhor,planejar melhor,cuidar melhor de igarapé miri, o povo ali não tem se quer empregos descente, á maioria das empregadas domésticas são exploradas, trabalham de segunda a sábado para receber 50, 80 reais por semana, sem direitos nenhum, por não ter uma fiscalização.
A população de igarapé miri pede socorro às autoridades responsáveis.
Queremos apenas os direitos de um ser humano como todos.
Peço desculpas á todos pelo meu desabafo, mas tenho certeza que o meu é o de muitos moradores de igarapé miri.
Nascida e criada em igarapé miri.
Minha família tbm.
Moro no estado do Rio de janeiro a mais de 20 anos e nunca imaginei que igarapé miri seria uma cidade tão violenta como está ultimamente.
Pois na minha própria família, existem pessoas que acham que aqui no Rio seja o lugar mais perigoso e violento, eu falo que violência tem em todos os cantos desse mundo, mas pelo menos aqui eu nunca fui assaltada, nunca fui violentada, nunca precisei esconder cel. Dentro de ônibus, nunca entraram na minha casa pra roubar nada, nunca precisei fechar as portas e janelas da minha casa com medo de bandido me assaltar, nunca fui de uma esquina á outra com medo de alguém me roubar bicicleta, moto, carro nunca mesmo e agradeço a Deus.
Pois moro muito próximo a favela da cidade de Deus, vejo todos os dias operações da polícia, da minha janela e nunca me Aconteceu nada,Graças a Deus.
E quando falo essas coisas, Minha a família não acredita.
Quando digo que não quero ir para igarapé miri nas férias é por medo do que acontece por lá.
Espero que um dia igarapé miri volte a ter paz.
Em nome de Jesus.

Anúncios