CASSAÇÃO DE JATENE POR ABUSO NO CHEQUE MORADIA EMBARALHA O JOGO EM 2018

simao-jatene

O Ministério Público Eleitoral conseguiu mais uma vitória na Justiça Eleitoral e desta vez contra o grande cacique do PSDB no Pará, Simão Jatene.

Ele já havia passado pelo risco da cassação outras vezes, mas quando não levava apenas multa, o tempo e a procrastinação se encarregavam de fazer o resto e ocorria perda de objeto.

O caso mais complexo foi o do uso de aeronaves por parte de Almir Gabriel em favor de Jatene e vários deputados em 2002. Outro famoso foi o do uso de recursos do Estado em convênios milionários que impulsionaram a campanha daquele mesmo ano, mas que foi julgado 12 anos depois e resultou apenas em multa de 100 mil reais.

Mas o caso do CHEQUE MORADIA ganhou maior destaque e desta vez o próprio MP tomou as rédeas da ação, mesmo que o PMDB tenha denunciado o mesmo fato, mas a ação do partido ainda não foi julgada.

A Ação 729906 iniciou logo depois da eleição, mas o julgamento do caso demorou. A relator, Desembargadora Célia Regina, votou pelo arquivamento, mas a Juíza Federal Luciana Pereira pediu para analisar melhor. E depois se seguiram exceções de suspeição, contra o juiz Alexandre Buchacra e Kayath e tudo parou.

Apesar do atraso, veio a decisão, que por 4 a 2, julgou procedente a ação e cassou Jatene e levou Zequinha Marinho junto. A principal acusação ficou demonstrada no quadro abaixo que refletiu o aumento dos gastos com cheque moradia no ano da eleição de 2014:

PERÍODO (MÊS) VALOR CONCEDIDO

01 a 31 de janeiro R$ 9.230.100,00

01 a 28 de fevereiro R$ 5.741.000,00

01 a 31 de março R$ 2.136.500,00

01 a 30 de abril R$ 5.694.300,00

01 a 31 de maio R$ 3.394.900,00

01 a 30 de junho R$ 8.486.200,00

01 a 31 de julho R$ 4.132.300,00

01 a 31 de agosto R$ 15.147.000,00

01 a 30 de setembro R$ 31.032.700,00

01 a 13 de outubro R$ 10.212.700,00

Jatene já estava em fim de carreira depois de conseguir 3 mandatos de governador sem nunca antes ter sido deputado ou vereador, mas dizem que pretendia ser Senador em 2018. A pretensão ainda pode se concretizar, mas vai depender do TSE, seja por liminar ou se derrubar a decisão do TRE do Pará.

Enquanto isso, a turma do PMDB faz festa. O grupo Liberal tá calado e os que estão esperando a vez do lado do governo se articulam.

O certo é que o jogo embaralhou um pouco.

Mas tem muita água pra rolar até 2018, inclusive ações do MP contra Hélder e alguns outros…

Anúncios

Um comentário sobre “CASSAÇÃO DE JATENE POR ABUSO NO CHEQUE MORADIA EMBARALHA O JOGO EM 2018

  1. porra só espero que esse helder barbalho que nunca trabalhou de verdade na vida mimadinho ganhe de resto tô nem ai

Os comentários estão desativados.