IGARAPÉ-MIRI ESTÁ SEM PROMOTOR TITULAR DESDE O ANO PASSADO

ig miri sem promotor

A Terra do Açaí vem enfrentando problemas de todo tipo e por diversos motivos.

Fácil e indicar culpados e criticar. Difícil ainda tem sido apontar soluções e lutar efetivamente por melhorias.

E nem tudo depende só do Poder Público ou de parte da população.

A sociedade tem muitas engrenagens nesse modelo em que vivemos.

Uma peça importante certamente que é o Ministério Público, que é representado em Igarapé-Miri pelo promotor de justiça.

Mas nos últimos anos tivemos sorte de manter um promotor titular da Comarca por muito tempo.

O último que passou na Capital Mundial do Açaí foi o Dr. Amarildo Guerra.

Do final do ano passado até agora só temos promotor substituto. E esse geralmente atua em dois ou mais municípios.

O que ocupa o cargo atualmente tem que se desdobrar para atender Barcarena e Igarapé-Miri.

Se com promotor titular já é difícil dar conta das demandas, imagine com um substituto que não pode atender todos os dias.

A defensoria pública padece também da mesma falta.

Promessas vão e vem, mas a falta dessas peças na engrenagem social dificulta ainda mais o andamento de processos e até mesmo de prisões.

Não se sabe qual o motivo desses cargos ficarem vagos por tanto tempo.

A Comissão que foi até a ALEPA pediu o apoio dos deputados também sobre essas questões. Recebeu promessas que vai haver empenho dos parlamentares perante o Ministério Público e na Defensoria.

Que assim seja…

Anúncios