ASSALTOS E MORTES NO FINAL DE ANO MIRIENSE

MIRI PEDE PAZ

Estas últimas semanas tem sido de pânico em todo o Município de Igarapé-Miri.

O volume de assaltos, furtos, arrombamentos e mortes vem crescendo de modo assustador.

O Miriense já não sabe mais a quem apelar.

A morte de um jovem ribeirinho ontem parece que foi a gota d’agua para volta de manifestações. A foto abaixo é um sinal da revolta e de mais apelos por PAZ:

manifestacao-assassinato-ribeirinho-dez-16

Desde 2008 muitas manifestações pedindo PAZ ocorreram na Terra do Açaí. Algumas deram frutos e outras nem tanto.

Audiências públicas, reuniões, apelos de todo tipo já ocorreram.

E nem a presença de padres, pastores, autoridades políticas e militares resolveu a situação.

Talvez a pressão junto ao Secretário de Segurança no ano passado tenha sido o melhor momento. E a união de todos nessa causa deu certo resultado.

Mas um certo tempo de calmaria ou redução da criminalidade parece que logo vai embora.

Os assaltos tem ocorrido a noite e também durante o dia. Propriedades rurais do mesmo jeito tem sido saqueadas. Lojas do centro da cidade foram arrombadas e o prejuízo também afeta a motivação dos empresários para expandir negócios, o que pode gerar mais desemprego.

Muitas pessoas ainda se queixam das dificuldades para um simples registro de ocorrência, quanto mais para a solução do caso.

O medo ainda campeia. Vítimas temem denunciar os assaltantes e aqueles que são presos nem sempre cumprem pena por longo período.

Difícil a vida do Miriense neste fim de ano…

E como dizem alguns: “só Jesus na causa…”

Anúncios

Um comentário sobre “ASSALTOS E MORTES NO FINAL DE ANO MIRIENSE

  1. meu amigo Fabinho que Descance em paz rapaz trabalhador que teve a vida abreviada por vagabundos que não querem trabalhar lixos humanos

Os comentários estão desativados.