JUSTIÇA DEFERE CANDIDATURA DE MARCELO CORRÊA E MANDA APURAR REPRESENTAÇÃO CRIMINAL CONTRA PESADO

deferido-rrc-marcelo

A poucos dias do pleito eleitoral parece que ainda tem muita água pra rolar embaixo da ponte até domingo.

Agora a tarde a Justiça deferiu o registro de candidatura de Marcelo Correa, depois de uma grande polêmica quanto a um contrato que ele tinha com a Câmara Municipal dirigida por Toninho Pesado, na função de contador.

Marcelo diz que tinha um contrato verbal com Pesado para exercer esse cargo, ganhando 7 mil por mês como contador. Mas que teria trabalhado até abril.

marcelo vice de tonhão

Mas quando a Justiça mandou Pesado fornecer os contratos apareceu um processo licitatório, sem contrato e com vários indícios de fraude.

Foi marcada uma audiência e cada um falou um coisa. Sendo que Marcelo admitiu que teria trabalhado até abril, mas recebido parcelas nos meses seguintes. A última em agosto. E não teria devolvido o dinheiro, ainda.

O Ministério Público pediu o indeferimento da candidatura, que poderia complicar Joca. A coligação Fé e Renovação pediu além do indeferimento, que fosse apurado os indícios de crime eleitoral praticados por Pesado apontando falsificação do processo licitatório.

A Justiça entendeu por deferir o registro e mandar os documentos para a Promotoria apurar se Pesado cometeu crime.

Cabe recurso, seja pela coligação Fé e Renovação como por parte do Ministério Público.

Mas a decisão tem um fator importante. Os votos de Joca vão aparecer na urna e poderão ser considerados válidos caso o TRE mantenha a sentença de hoje.

JOCA E MARCELO

A turma do Pequeno Grande Homem faz festa, pois essa situação do Marcelo tava dando dor de cabeça. Ainda é problema, mas já melhorou muito.

Já no caso de Pesado, a apuração criminal será mais uma a se somar a mais de duas dezenas de processos que ele já responde na Justiça, em especial ações de improbidade e a três inquéritos na Polícia Federal.

Anúncios