JUSTIÇA VAI OUVIR MARCELO E PESADO NA SEGUNDA PARA DECIDIR IMPUGNAÇÃO

marcelo vice de tonhão

As coisas mudam muito na política. Alianças são feitas e desfeitas. Amizades vem e vão…

Na eleição suplementar de 2015 uma das chapas foi formada entre Toninho Peso Pesado e Marcelo Corrêa (PMDB/PR).

A dupla não foi eleita, mas ficou parceira na Câmara Municipal, tanto que Pesado contratou Marcelo para ser o contador durante sua gestão como Presidente.

Mas, veio novo pleito e Marcelo mudou do PR para o PSD, e também de aliado. Firmou parceria com Joca Pantoja e aceitou ser o vice na chapa PP/PSD.

Mas, ao que parece, esqueceu de pedir a conta na Câmara e continuou a receber. A Lei Eleitoral diz que ele não poderia trabalhar lá desde junho.

A Coligação Renovação e Trabalho Por Igarapé-Miri soube do fato, pediu o contrato e comprovantes de pagamentos da Câmara, que pra variar não respondeu. No portal do Legislativo não tem uma licitação ou um contrato sequer, seja de 2015 ou 2016. Prestação de contas no TCM também não se localizou. A folha de pagamento ninguém sabe e ninguém viu. E olha que são os “fiscais do povo”…

Pagamento de contribuições para INSS e Prefeitura (ISS/IRPF) não tem sido feitos de forma adequada e por conta disso já virou ação judicial na Comarca, onde existe cobrança de 250 mil reais (matéria do GM: https://gazetamiriense.wordpress.com/2016/07/28/camara-da-calote-pesado-na-prefeitura-250-mil/ )

Foi feita uma impugnação do registro de Marcelo sobre essa caso. Ele se defendeu e disse que não tinha contrato e não trabalhava mais para Pesado na Câmara. Sendo assim não teria problemas para concorrer.

O juiz pediu informações do Parlamento e eis que surgiu o tal processo licitatório e notas fiscais e comprovantes de pagamento até o mês de agosto. Mas o contrato não tem a assinatura de Marcelo ou de seu sócio na empresa.

O promotor pediu o INDEFERIMENTO do pedido de Registro de Marcelo. A defesa do mesmo impugnou os documentos juntados por Pesado, alegando que são falsos e fabricados por pura perseguição política.

Hoje a Justiça decidiu ouvir todos em uma audiência na próxima semana. Vejam a decisão publicada no mural do Cartório Eleitoral:

despacho-audiencia-marcelo-e-tonhao

Se o contrato for falso e tiver sido fabricado e o pagamento dos meses de junho e julho forem indevidos, pode ser que Marcelo tenha o registro deferido.

Será que Toninho Pesado teria coragem de mandar falsificar documentos para enganar a Justiça Eleitoral ? Com o risco de cometer um grave crime e até ser preso por esse motivo ?

Ou será que Marcelo teria recebido sem trabalhar ? Isso também configura crime, ou não ?

E tem um ditado que diz: “melhores amigos… piores inimigos

Na próxima semana veremos o final desta novela, ou mais um capítulo… aguardem…

Anúncios