CULMINÂNCIA DAS OFICINAS DO PROJETO MULTICAMPIARTES DA UFPA É REALIZADA EM GRANDE ESTILO

13094294_217241088655512_3239990083969602322_nAconteceu  na tarde de sexta -feira 22/04 a culminâncias do resultado das oficinas do I Encontro de Artes e Cultura de Igarapé-Miri  ( Multicampiartes). O evento acontenceu na Arena Los Biras e reuniu estudantes, integrantes de grupos culturais e educadores do município de Igarapé-Miri.
O MulticampiArtes teve início na segunda-feira, 18 de abril, com atividades realizada na Escola de Artes (que está sediada no Grupo Escolar Manoel Antonio de Castro) e  Polo Universitário de Igarapé-Miri. Ao todo foram quatro  oficinas que foram envolvendo diversas expressões artísticas presentes no município, a citar: dança, literatura, teatro e elaboração de projetos a incentivos culturais.

A realização do evento é uma parceria firmada entre a Universidade Federal do Pará e a Prefeitura Municipal de Igarapé-Miri, com articulação do Conselho Municipal de Cultura.
A cerimônia de culminância começou com a composição da mesa das autoridades com a presença do Prefeito Roberto Pina (PMI), do Prof. João de Castro (UFPA), Vice-prefeita Carmozinha (PMI), Prof. José Junior (SEMED), Prof.ª Benoca (SECULT) , Prof. Antonio Marcos Ferreira (Conselho de Cultura), Prof.ª Aurizete Pureza (Escola de Artes), Israel Araújo (Academia Igarapemiriense de Letras), Graciete Antunes (Polo Universitário) e Robson Gomes (MOVICE Jovem).

O Prefeito Roberto Pina agradeceu a Universidade pela parceria e pediu que os grupos do município se organizem e busquem suas legalizações. Já o presidente do Conselho de Cultura, Prof. Antonio Marcos Ferreira disse que com aprovação da Lei do Sistema Municipal de Cultura e do Fundo (ambas em tramitação) concluirão a etapa de exigências burocráticas do Ministério da Cultura, já que o município já tem seu Plano de Cultura aprovado deste o ano passo. A professora Benoca citou que por conta MulticampiArtes o município não realizou a Semana do Povos Indígenas, mas lembrou que a cultura de Igarapé-Miri é formada por essa mistura de etnias e essa identidade não pode ser perdida.
Entre as  várias apresentações culturais do evento citamos: ballé do INSA, Banho de Cheiro do grupo da Tia Vavá, Teatro Animalendas, Ritual do Pajé, Declamação de poema (AIL) ,  apresentação do grupo musical da Escola de Artes, além dos resultados da oficinas do MulticampiArtes.

O 1º Encontro de Arte & Cultura em Extensão da UFPA contou também com o apoio do Polo Universitário e da Academia Igarapemiriense de Letras.
O Multicampiartes tem por finalidade fomentar, desenvolver e aperfeiçoar as artes nos campi da UFPA, capacitando estudantes, educadores e artistas locais.  Cerca de 120 jovens participaram das oficinas.
Igarapé-Miri  pode se sentir contemplado com esse importante projeto artístico-cultural.

(com Informações da Ascom/SEMED

Anúncios