QUEM QUISER SER CANDIDATO TEM ATÉ SÁBADO (2) PARA SE FILIAR A PARTIDO POLÍTICO

Se você pretende se candidatar a prefeito, vice-prefeito ou vereador nas Eleições Municipais de 2016 deve estar com a filiação aprovada pelo partido político até este sábado (2). Mas se o Estatuto do partido estipular prazo superior, vale o que está definido na regra interna dessa agremiação.

O artigo 9º da Lei das Eleições (Lei n° 9.504/97) estabelece que o candidato deve possuir domicílio eleitoral, na circunscrição onde irá concorrer, um ano antes do pleito, pelo menos. Afirma ainda que deve estar com a filiação aprovada pelo partido, no mínimo, seis meses antes da data da eleição. Antes da Reforma Eleitoral de 2015 (Lei nº 13.165), o postulante a candidato deveria estar filiado ao partido pelo menos um ano antes da eleição.

No Brasil não existe possibilidade de candidatura avulsa. A única via para participar da vida política em cargos eletivos é buscar o voto dentro de um partido.

Escolher o partido é importante e não parece fácil na atual turbulência política em que vive o Brasil.

São 35 partidos habilitados, mas a maioria deles tem sofrido grandes baques com as cassações de mandatos, investigações policiais, denúncias criminais e o bombardeio diário da imprensa.

Mas o caminho é esse e muitos dos que já estão na vida pública partidária também estão migrando. Saindo de um partido para outro buscando abrigo que possa garantir a manutenção nos cargos, em especial para vereador ou prefeito, que logo estarão em disputa no mês de outubro.

 

Anúncios