MOVIMENTO IGARAPÉ-MIRI PELA PAZ E DELIBERAÇÕES DA SEGUP

MIRI PEDE PAZ

Após o encerramento da reunião de ontem na Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará (SEGUP) foi assinado um documento com as deliberações para a melhoria do policiamento em Igarapé-Miri.

Esse acordo ou termo de intenções entre o Movimento Igarapé-Miri pela PAZ, que reuniu diversas autoridades municipais e os comandantes da Secretaria de Segurança do Estado é muito importante.

Primeiro pelo fato de deixar escrito as propostas e obrigações de cada um dos envolvidos.

Segundo para que a divulgação possa dar transparência ao ato público que pode se tornar objeto de projetos de lei e políticas municipais e de estado para minorar o situação da violência.

E terceiro, para que a população possa cobrar o que foi prometido e até mesmo o Município/Ministério Público/Defensoria possam exigir no Judiciário o cumprimento das metas,

Segue o termo com as deliberações:

ACORDO MIRI E SEGUP 01

ACORDO MIRI E SEGUP 02

ACORDO MIRI E SEGUP 03

O GM tenta trocar em miúdos para o nosso leitor o que pode trazer mais benefício ao nosso município:

1 – AUMENTO DO EFETIVO COM TRANSFORMAÇÃO DO DESTACAMENTO EM COMPANHIA – Hoje temos apenas um destacamento da PM. Essa organização é regida por lei. Existe um grupo de trabalho para adequar a quantidade de policiais por região. O Coronel HILTON BENIGNO ficou encarregado de fazer a proposição para que seja instalada uma COMPANHIA DA PM em Igarapé-Miri. Será possível assim aumentar o número de PMs e dar uma melhor infraestrutura para os mesmos. Cabe lembrar que o Município desde a ultima gestão Pina tem ajudado na infraestrutura e construiu o prédio e custeia alimentação e limpeza.

2 – POLICIAMENTO PREVENTIVO – A presença da ROTAM e TÁTICO auxiliam em muito e melhoram bastante a vida dos Mirienses sempre que aparecem. A promessa de que serão mais constantes e trabalhadas com a inteligência da polícia essas rondas é o que de mais animador se pode ter neste momento. Vamos esperar que se concretize.

3 – COMBATE À PIRATARIA – a situação dos ribeirinhos também é complicada. É verdade que algumas ações foram tomadas pela PM nas últimas semanas, depois de apelos e de reuniões na Prefeitura, mas ainda é pouco. Pelo acordo, as ações serão retomadas assim que as lanchas da PM forem consertadas.

4 – AUMENTO DE DELEGADOS – temos apenas um Delegado, que mesmo com todo seu esforço, não tem como trabalhar 24 horas. A promessa de alternância de delegados nos finais de semana, quando casos de violência tem se repetido até em praça pública pode ser um pequeno avanço. E vamos esperar que após o novo concurso da Polícia Civil seja possível ter 2 delegados em Igarapé-Miri, segundo promessa da SEGUP.

5 – ROTATIVIDADE DA PC E PM – essa ação deve ser contínua. Os policiais ficam alvos também dos bandidos. A mudança de localidade pode até causar certo transtorno a eles, mas certamente que melhora as ações de combate. O importante é que ações de inteligência fiquem arquivadas e que a mudança não comprometa operações policiais.

6 – PRISÃO DE FORAGIDOS DA OPERAÇÃO FALSO PATUÁ – Disse a polícia que apenas 3 estão foragidos, entre eles Pé de Boto. O Secretário disse que a polícia vai se esforçar para prender todos os acusados de participação em crime organizado.

7 – BOLETINS DE OCORRÊNCIA, CIRETRAN e PRO-PAZ : muitos reclamam que não conseguem sequer fazer um Boletim de Ocorrência Policial. A prefeitura já disponibiliza um servidor e vai deixar mais um a disposição da Polícia Civil e mesmo que o tal “sistema” esteja inoperante os BOs poderão ser feitos pela intranet.

Instalação do CIRETRAN e PRO-PAZ são promessas que podem ajudar em muito a melhoria do trânsito e diminuição de acidentes graves, como um que vitimou o Sr. Antonio, irmão da Professora Mônica, nesta semana. Que venham e que ajudem nosso povo.

8 – GABINETE DE GESTÃO INTEGRADA MUNICIPAL  e HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DE FESTAS E DIVERSÕES – Será criado um grupo de gestão sobre a segurança, que poderá servir para acompanhar e cobrar resultados das deliberações. E ficou ajustado o cumprimento de horário para festas. Aquelas de aparelhagem, onde ocorrem mais problemas, deverão ser alvos de maior rigor e fiscalização.

Todas essas ações, se implementadas, vão melhorar a vida do Miriense.

A luta continua…

Anúncios