PREFEITURA DE BELÉM DECRETA REDUÇÃO DE GASTOS

Charge-29-Junho-2015-Corte-Despesa

A mais rica prefeitura do Pará parece que adotou medidas anti-crise nesta semana, via Decreto.

Assim pretende economizar com energia, combustíveis, telefonia e coisas mais.

Interessante que nem seria necessário uma ordem oficial para que a administração reduza despesas, mas assim foi feito justamente para chamar a atenção de Secretários e Servidores para a situação que enfrenta a prefeitura, o estado, o país e o mundo.

Em Igarapé-Miri, que enfrenta grave crise faz tempo, foi adotado um Decreto em início de mandato do atual gestor que visou reduzir o quadro funcional com temporários e nos contratos de prestadores de serviços.

Mas isso seria o suficiente ?

Nem sempre uma “ordem oficial” é capaz de reduzir custos da máquina pública.

A prefeitura Miriense gasta muito com energia elétrica em prédios públicos e paga até mesmo pelo uso feito por particulares.

Um desses exemplos foi a concessão da Casa da Cultura para o funcionamento de uma Lotérica ainda na gestão Pé de Boto. A tal lotérica funciona no local para cumprir promessa de campanha do ex-gestor. Não paga um centavo pelo contrato que tem duração de 5 anos, ou 60 meses. Nem mesmo a limpeza do local. Tudo é custeado pela Prefeitura, que só agora encontrou o contrato e deve adotar providências.

Outro exemplos ocorrem no uso de áreas públicas no Trapiche, Mercados e no Centro Cultural. Quem paga a conta de energia e até mesmo os “gatos” feitos no local ?

Todos os contribuintes, pois o dinheiro público envolvido pertence a todos os moradores do município .

O Prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, determinou a criação de um “Núcleo de Contenção de Despesas“. Ou seja, vai ter gente para fiscalizar os servidores e apontar soluções.

Se começou em Belém, logo deve chegar a mais localidades do Pará, pois o choro é geral.

Vejam a matéria do Portal ORM:

Prefeito anuncia cortes de despesas municipais

Um decreto do prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, estabelece medidas administrativas temporárias de racionalização, controle orçamentário e contenção de despesas no âmbito do município com o objetivo de manter o equilíbrio econômico-financeiro e de fluxo de gastos neste exercício e para manter as obras e investimentos públicos indispensáveis ao incremento da economia local. 

As unidades da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin) foram as primeiras a terem alteração no horário de funcionamento por causa do Decreto nº 83.410, publicado no Diário Oficial do Município, no dia 17 deste mês e republicado, por incorreções, no dia 20. As mudanças de horário visam à diminuição nos consumos de energia, telefonia, material de limpeza, combustível e outros. Sefin, Espaço da Palmeira, Cosmorama e a unidade de Icoaraci funcionarão das 8h às 14h; já a de Mosqueiro das 8h às 14h e de 8h às 13h (sábado); e a Central de Atendimento de 8h às 17h (funcionamento) e 8h30 às 16h (atendimento ao público). 

No decreto, o prefeito determina a criação do Núcleo de Contenção de Despesa, que tem o objetivo de acompanhar, medir o desempenho e auxiliar os responsáveis pelas Unidades Administrativas. Além da Sefin, a Secretaria Municipal de Planejamento (Segep), a Secretaria Municipal de Administração (Semad) e a Auditoria Geral fazem parte desse núcleo.

Anúncios