PONTE DO RIO IGARAPÉ-MIRI PODE SER INAUGURADA EM JULHO DE 2015

PONTE 02

A Agência do Governo do Estado informou no início deste mês que 98% da obras da Ponte sobre o Rio Igarapé-Miri estão concluídas.

No site não consta previsão da inauguração, mas já se comenta que pode ocorrer no final destes mês, no dia 29 de julho.

O boato rola solto e se espera que a conclusão ocorra e que venha a Ponte do Rio Meruú e aí se possa ver concretizado um sonho da Região do Baixo-Tocantins.

PONTE 01

Vejam a matéria da Agência do Estado:

Obras de construção da ponte Igarapé-Miri estão em fase final

Da Redação – Agência Pará de Notícias

Atualizado em 08/07/2015 17:15:00

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), está com 98% das obras da primeira ponte de grande porte na região do Baixo Tocantins concluídas. Orçada em R$ 60.771.629,04, a nova estrutura, localizada na PA-151, substituirá o primeiro trajeto e promete mudar a realidade dos moradores da região, ao diminuir o tempo de viagem e beneficiar a população dos municípios de Abaetetuba, Barcarena, Acará, Moju, Mocajuba, Cametá, Baião e Igarapé-Miri, entre outros municípios do Baixo Tocantins.

A ponte Igarapé-Miri terá 560 metros de extensão, mais 200 metros de rampa de encontro. Atualmente, o transporte ocorre através da travessia via balsas rebocáveis. A inauguração da ponte está prevista para o segundo semestre deste ano.

Segundo o engenheiro da Setran Luiz Duarte, a nova estrutura será equipada com sistema de iluminação solar e sistema de proteção dos pilares, para evitar possíveis impactos com embarcações que navegam no rio Igarapé-Miri.

Márcia Araújo da Silva, moradora da Vila Caripi, está satisfeita com a nova estrutura. Para ela, a ponte beneficiará os produtores agrícolas, ao ao facilitar o deslocamento e seus horários, que atualmente estão atrelados aos horários determinados de travessia das balsas. “A ponte vai melhorar a vida de todos que trabalham na região e que fazem essa travessia várias vezes por semana. O deslocamento também ficará mais rápido e mais barato”, afirma.

Mão de obra – A obra, além de melhorar o acesso entre os municípios com rapidez e segurança, também trouxe oportunidade de emprego para a população do entorno da obra. Ao todo, o trabalho mobilizou mais de duzentos funcionários. Destes, cerca de 90% são moradores da região. 

O morador do município de Igarapé-Miri Marcos Sacramento Fernandes estava desempregado. Ele foi um dos beneficiados com a construção da ponte, ao ser admitido pela empresa responsável pela obra sobre o rio Igarapé Miri. Marcos recebeu treinamento e hoje exerce a função de auxiliar de qualidade e meio ambiente.

“O setor de qualidade organiza a parte documental. Os materiais usados na execução da obra, como por exemplo, o concreto, o aço e o ferro, passam por uma certificação de qualidade, ou seja, como o material foi feito, qual sua resistência, etc. Já na parte de meio ambiente fazemos a verificação nos canteiros na questão de minimizar o impacto ambiental e, também, para garantir que os funcionários estão trabalhando com os seus equipamentos de segurança”, explica Marcos Sacramento.

Maísa Portal
Secretaria de Estado de Transportes

A foto abaixo é de um lindo final de tarde no local, obtida do face e atribuída a Maria Alexandrino:

PONTE FINAL DE TARDE

Anúncios

Um comentário sobre “PONTE DO RIO IGARAPÉ-MIRI PODE SER INAUGURADA EM JULHO DE 2015

  1. vou falar uma coisa essa ponte tem que ter defesas muito fortes pois o que passa de balsa cheia de madeira ilegal por ali não está no gibi . balsas duplas com enormes toras de madeiras passam geralmente nos finais de semana ou em feriados quando não há fiscalização e em mares lançantes aquelas mares de lua eu tenho varios videos dessas balsas e é por isso que eu digo que o que vai ter de baque nas defesas da ponte não está no gibi

Os comentários estão desativados.