UM FATO HISTÓRICO, A SUPLEMENTAR MIRIENSE: COMO SERÁ O AMANHà?

adivinha

Nunca na história Miriense uma eleição foi anulada e é a primeira vez que se realiza um pleito suplementar.

Fazemos parte desta parte da História neste dia.

Os fatos que nos levaram a chegar até aqui não são louváveis de comemoração. Mas é preciso tirar lições e aprendizados para que o Município caminhe rumo a novos e melhores horizontes.

Se tem notícia que numa eleição nos anos 60 ocorreu uma troca de gestor, mas por conta de conferência de urnas que teriam sido impugnadas.

No Estado do Pará ocorreram diversas cassações de mandato nos últimos anos, algumas delas causando a realização de eleição suplementar.

Hoje é dia da Festa da Democracia. Onde o voto de todos tem o mesmo valor. O voto do rico e do pobre, do alfabetizado ou do graduado, do preto e do branco, do politizado ou do anarquista estão equivalentes no dia de hoje.

Mas como será o amanhã ?

Se Roberto Pina (PT) for eleito vai ter grandes problemas a resolver em apenas um ano e meio de mandato. Na gestão anterior seu governo levou quase um ano para começar a dar frutos. Os convênios e obras que conseguiu junto ao governo estadual e federal foram viabilizados depois de certo tempo de arrumação da casa. Mas será que desta vez existirá tempo para tanto, ainda mais com nova eleição em 2016 ?

A vantagem é que ele não poderá concorrer em 2016 e com isso poderá se dedicar inteiramente ao mandato.

Se perder a eleição certamente que será novamente candidato em 2016, talvez mais fortalecido se for bem votado. Mas terá que rearticular seu grupo político, que certamente também terá mudanças.

Em caso de vitória de Toninho Peso Pesado ele terá a possibilidade de levar adiante seu governo, que já tem 4 meses e meio. Continuará com grandes obstáculos, talvez o mais urgente seja o da folha de pagamento, que estaria inchada. Terá que levar adiante uma formação de governo com novos aliados da eleição e um grande número de vereadores. A dúvida é se esse enorme grupo conseguirá se manter coeso no restante do mandato.

Se perder a disputa volta para a Câmara e como Presidente. A rigor não teria grandes perdas políticas e sairia fortalecido se tiver boa votação, já que é a primeira vez que disputa o cargo de gestor municipal.

Joca Pantoja veio de uma campanha de deputado estadual e emendou com a suplementar. Já foi vice prefeito e se eleito terá a chance de mostrar seus projetos. Se teme que a falta de experiência administrativa dificulte o andamento da gestão num primeiro momento, diante de tanto problemas na Prefeitura (débitos de INSS, previdência estadual, fornecedores, servidores, etc). Se conseguir aliança com o governo poderia ter chances de minimizar alguns problemas, principalmente com asfaltamento, ainda tão carente em alguns bairros da cidade.

Se perder a eleição, mas manter boa votação, poderá tentar novamente em 2016 o mesmo cargo. Mas não se sabe se com o mesmo arco de alianças, pois já se comenta que Antoniel se lançou a vice com o intuito de buscar carreira solo no próximo ano.

Darlene Pantoja nunca disputou uma eleição em Igarapé-Miri. Seria a novidade, não fosse a extensa lista de parentes que são políticos e uma delas que já exerceu o mandato de Prefeita, Dilza Pantoja. Se eleita também teria que se adaptar ao cargo, mas contaria com o apoio de seus aliados para caminhar. Teria como vantagem a propagada aliança com o governo do estado. Mas também sofreria para arrumar a casa em tão pouco tempo de mandato.

Se perder a eleição, mas a votação for razoável ou expressiva, poderá com mais facilidade manter seu grupo político e com isso tentar novamente em 2016 o Palacete Senador Garcia.

Esta eleição é diferenciada. A ausência de candidatos a vereador faz muita diferença.

Em 2016 a disputada para Prefeito e Vereador não somente aumenta o numero de candidatos, como influencia de modo mais direto a votação de Chefe do Executivo.

São os vereadores que certa forma vão para a linha de frente. Chegam mais perto do eleitor e com isso tem maior poder de convencimento.

Hoje todos dos vereadores e pretensos novos candidatos de 2016 já estão envolvidos na campanha da suplementar. No entanto, o peso maior será em 2016.

E como será o amanhã ?

Responda quem puder. O que irá nos acontecer.

Vamos esperar que o nosso destino seja como Deus quiser….

 

Anúncios