ORM: IGARAPÉ-MIRI ESCOLHE PREFEITO

ELEICÃO NO MIRI

O Jornal O LIBERAL também destaca as eleições suplementares na Terra do Açaí.

A manchete destaca a escolha de Prefeito, mas temos também uma candidata do sexo feminino, Darlene Pantoja (PSD) que está no páreo para ser Prefeita.

Vejam a matéria que também está disponível no Portal ORM:

Igarapé-Miri escolhe prefeito

Mais de 45 mil eleitores vão às urnas hoje para eleição suplementar

KEILA FERREIRA

Da Redação

Quatro candidatos tentam se eleger prefeito de Igarapé-Miri na eleição suplementar que será realizada hoje, das 8h às 17 horas. Na disputa estão Darlene Pantoja (PSD), Joca Pantoja (PPS), Roberto Pinta (PT) e Ronélio Antônio Quaresma, conhecido como Toninho Peso Pesado (PMDB). A expectativa é de que, antes das 19 horas de hoje, já se conheça o nome do eleito. “Nessa reta final de campanha, bate o desespero entre os candidatos e eles passam a judicializar muito”, ressaltou o chefe do cartório eleitoral da cidade, Sérgio Pereira. Segundo ele, as coligações ajuizaram, umas contra as outras, várias denúncias relatando irregularidades durante a campanha eleitoral, e algumas liminares chegaram a ser concedidas pelo juiz eleitoral da 6ª Zona, Eduardo Rodrigues de Mendonça Freire. Apesar da intensa movimentação política, que exige mais trabalho por parte da Justiça Eleitoral, entre logística, fiscalização e preparação do pleito, a situação até sexta-feira era considerada dentro da normalidade.

Na última eleição municipal, o resultado da votação saiu às 18h51. “Nessa, como as zonas têm esse reforço (por parte da Justiça Eleitoral), a previsão é diminuir esse tempo”, observou Sérgio Pereira. O cartório eleitoral de Igarapé-Miri recebeu um reforço de mais de 30 servidores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Serão 24 pontos de transmissão e um funcionário da Secretaria de Tecnologia da Informação em cada ponto, além de outros servidores, que irão ajudar em outros serviços, como transporte, fiscalização e segurança. “Estamos com todo um reforço e otimização do trabalho”, enfatizou o chefe de cartório. 

Além disso, 556 mesários, 46 supervisores de local de votação e oito membros da junta eleitoral foram convocados para trabalhar durante o pleito. “O que nos preocupou foi a questão da segurança pública, não diretamente ligada à eleição. Mas na semana (do pleito) a gente também recebeu esse reforço, o que vai dar mais tranquilidade. A tendência é ter uma eleição tranquila, sem muitos problemas”, disse Sérgio Pereira. Serão 145 homens da Polícia Militar trabalhando no município durante a votação. Eles contarão com 10 viaturas e mais uma lancha da PM. A Justiça Eleitoral ainda irá disponibilizar cerca de dez viaturas, que serão utilizadas durante o pleito para o transporte de servidores e, se necessário, também de militares que irão garantir a segurança.

De acordo com a Assessoria de Planejamento, Estratégia e Gestão (Aspeg) do Tribunal, o custo estimado para o pleito desse domingo ficou em torno de R$326.484,00, ou R$7,23 por eleitor.

ELEITORES

O município de Igarapé-Mirí possui 45.401 eleitores aptos a votar nesse pleito, mas o voto é obrigatório para aqueles que têm mais de 18 anos e menos de 70.  Essas pessoas devem retornar às urnas porque o prefeito mais votado em 2012, Ailson Santa Maria, conhecido como ‘Pé de Boto’, teve o mandato cassado em outubro de 2014, por abuso de poder econômico e compra de votos nas eleições de 2014. Com o pleito de hoje, chega a dez o número de eleições suplementares realizadas no Pará desde 2011, sendo que em Santa Maria do Pará foram duas eleições suplementares.

 

Anúncios