JULGAMENTO DE PÉ DE BOTO POR CAIXA DOIS ADIADO PARA DIA 29/01

A mudança da Presidência do TRE/PA que deve ocorrer amanhã causou adiamento do julgamento do Recurso Eleitoral 38951 movido por Roberto Pina e Coligação “com a Força do Povo de Novo” contra Ailson Santa Maria do Amaral e Edir Correa.

Essa ação eleitoral do ano de 2012 pode causar nova cassação de Pé de Boto, desta vez por caixa dois de campanha. A acusação é de que todo o dinheiro da campanha (150 mil reais) foi sacado na boca do caixa e vários gastos foram omitidos na prestação de contas, como material de propaganda, jornal, rádio e até serviços jurídicos.

O parecer da Promotoria em Igarapé-Miri e do Procurador Regional Eleitoral é pela cassação.

O juiz Alan Meirelles, que atuava em Igarapé-Miri no ano de 2014, negou procedência ao pedido, mas o recurso deve ser julgado na próxima quinta, sob relatoria do Juiz Federal Ruy Dias.

Se for condenado pouco vai alterar na situação de Pé de Boto, que já foi cassado em outro processo, mas pode dificultar a volta dele à prefeitura e possibilitar o andamento de nova eleição com mais segurança, já que terá que conseguir reverter duas condenações no TSE.

Resta esperar a decisão dos 7 julgadorees do TRE.

Anúncios