JUSTIÇA CONCEDE LIMINAR E ANULA SESSÃO DA CÂMARA QUE ELEGEU NENCA

No dia 17 de dezembro ocorreu eleição da Câmara Municipal, mas com apenas 7 vereadores e com data antecipada.

Os demais vereadores, inconformados com a decisão e com tantas reviravoltas na composição da Mesa Diretora resolveram não comparecer e buscar na Justiça uma solução.

E saiu hoje decisão da Justiça Estadual que anulou a sessão da Câmara Municipal de Igarapé-Miri realizada no dia 17 de dezembro de 2014.

Se discute na ação a nulidade da sessão da eleição da Mesa Diretora que foi antecipada e teve apenas uma chapa inscrita e eleita com sete votos.

Na Chapão União e Trabalho estavam como Presidente o Vereador Nenca, como Vice Pastora Dalva e Secretários Neto Nahum e Angela Maués.

O Juiz da Comarca de Igarapé-Miri atendeu o pedido de liminar em Mandado de Segurança e determinou que seja realizada nova eleição na data marcada no Regimento Interno da Câmara Municipal e obedecendo as normas legais.

Assim, deverá ser realizada a eleição da Mesa Diretora da Câmara no dia 01 de janeiro de 2015.

Vejam parte da decisão judicial:

DECISAO LIMINAR 01

DECISAO LIMINAR 02

DECISAO LIMINAR 03

DECISAO LIMINAR 04

 

Anúncios

Um comentário sobre “JUSTIÇA CONCEDE LIMINAR E ANULA SESSÃO DA CÂMARA QUE ELEGEU NENCA

  1. jornal petista! literalmente ainda inconformados com a derrota nas últimas eleições municipais. vcs juram que o candidato de vcs vai ser eleito em 2015, hahahaha… vcs são perseguidores natos do governo de mãos dadas com o povo. Cada um no seu quadrado seria bem melhor, fiquem no de vcs.
    #sóacho.

Os comentários estão desativados.