PASSEATA NA QUARTA POR JUSTIÇA NO ASSASSINATO DE RICARDO VARJÃO

foto ricardo varjão na guarda de nazaré

Na última sexta-feira a noite ocorreu o assassinato do jovem advogado Ricardo Varjão num dos locais mais nobres e mais movimentados da capital do estado, a avenida Bráz de Aguiar.

Ele parou em uma esquina e dois meliantes, numa tentativa de assalto pelo lado do passageiro (hipótese mais provável) atiraram quando ele tentou arrancar com o veículo.

Os jornais imediatamente divulgaram o fato e passaram a estampar manchetes de que teria ocorrido uma execução. A mesma preocupação tem demonstrado o Sindicato dos Oficias de Justiça, pois ele exercia esse cargo no município de Barcarena.

Quem conheceu Ricardo Lobato Varjão reconhecia no mesmo a ternura, a alegria, a competência e o zelo profissional. Daí que não imaginam que tenha sido executado, pois não tinha desafetos.

Ele era católico e atuava na Guarda de Nazaré da qual recebeu homenagem durante seu velório e enterro. Era filho único.

A mãe Liduína Lobato é Miriense, assim como a avó Caridade que tem grande família em nossa cidade e é pessoa muito querida.

A dor dessa perda sem qualquer motivo, sem escrúpulos e fruto do avanço das drogas, da marginalidade e da violência e da impunidade, traumatiza a família, os amigos e também a sociedade.

Crimes bárbaros como esse não podem ficar impunes, mesmo tendo ocorrido de forma cada vez mais frequente, até mesmo na Capital do Estado, em bairros nobres ou da periferia.

Nosso pesar e nossa solidariedade aos que sofrem neste momento com a perda do servidor público, advogado, amigo, esposo e filho Ricardo Varjão.

Mas é preciso lutar por melhores dias. E a família e amigos já convocam uma passeata para a próxima quarta-feira (10).

O fato vem sendo divulgado nas redes sociais e também no Diário do Pará de hoje:

PASSEATA PEDE JUSTIÇA PARA ADVOGADO ASSASSINADO

Amigos e familiares do oficial de Justiça Ricardo Varjão Lobato, 26 anos, farão um ato pedindo justiça. O advogado foi morto a tiros na noite da última sexta-feira (5), dentro do veículo que estava, no cruzamento da avenida Brás de Aguiar com a travessa Rui Barbosa, no bairro de Nazaré, em Belém.

“Gostaríamos de contar com a presença de todos para este ato pedido justiça e paz. Não podemos nos calar perante tais cenas de selvageria que estamos vivendo”, diz o aviso que circula pelas redes sociais.

O ato está programados para às 16h30 da próxima quarta-feira (10), no largo de São Brás. A caminhada deve seguir até o local onde aconteceu o crime.

(Antonio Santos/DOL)

ricardo de gravata

Anúncios