IGARAPÉ-MIRI EM CAUS… E DE QUE LADO ELES ESTÃO?

A matéria foi encaminhada ao GM pelo leitor Robson Fortes, que diante da situação da saúde em Igarapé-Miri pede a publicação como contribuição ao debate.

Segue a matéria:

IGARAPÉ-MIRI EM CAUS… E DE QUE LADO ELES ESTÃO?

 Robson Fortes

É consenso em Igarapé-Miri que dos 13 vereadores , apenas 3 fazem ferrenha oposição ao (Des)governo Pé de Boto, são: Josias Belo, Prof. Merly, e Carmozinha.  Porém, diante de tantos absurdos que a atual administração “de mãos dadas com o povo” vem proporcionando ao povo miriense, resta-me aqui formatar a seguinte incógnita: Ilustríssimos senhores vereadores ÂNGELA, TONINHO, RUFINO LEÃO, TONINHO DO MURUTINGA, AUGUSTO, SANTURI, IRMÃO NENCA, LULA, DALVA AMORIM, NENCA de que lado vocês estão?

A cidade de Igarapé-Miri está em estado de calamidade pública, e a maioria dos vereadores nada fazem, ou fingem que nada está acontecendo. A Saúde pública está abandonada. Nada funciona, a acreditem, comprometendo os serviços essenciais em nosso hospital. Faltam remédios, equipamentos básicos, inclusive para procedimentos simples como curativos. Médicos então é raridade. Hoje, 04/11/2014 grande parte dos profissionais da saúde decidiram entrar em estado de greve, por esses e outros absurdos, além da falta de pagamento. Alguns funcionários reclamam de até 3 meses de salários atrasados.

O prefeito Pé de Boto não apareceu mais para cumprir expediente, e ninguém sabe quem comanda o que nas secretarias municipais. Lixo, entulho e mato cercam a cidade, e quem pode paga para que a coleta seja feita por terceiros. Durante a noite a escuridão assombra a cidade, principalmente nos bairros mais periféricos. Na principal avenida da cidade, a Sesquicentenário, de seus 1,5 Km é contado a dedo quais luminárias acendem.

A violência apesar de dar uma “acalmada” como costumados a pronunciar, ainda assusta e assaltos ainda são freqüentes.  No comércio os proprietários reclamam da alta queda na circulação de dinheiro.

As limitações dos serviços públicos, mesmos os mais essenciais a população não funcionam, porém os repasses institucionais são liberados normalmente, o que deixa a população com muita dúvida sobre o andamento das contas públicas. Nunca mais ouviu se falar em licitações, e transparências nos gastos das despesas públicas é coisa rara nesse governo. O site da prefeitura, que por Lei deveria manter informado os cidadãos sobre os gastos na transparência pública há muito tempo deixou de funcionar.

As especulações de corrupção, desvios de recursos e outras falcatruas do gênero circulam na boca do povo diariamente, inclusive boatos de um ‘mensalinho’ a parlamentares. Repito, boatos da boca povo.

O que não é boato e sim FATO é que a Câmara Municipal tem autonomia inclusive de CASSAR O PREFEITO, de denunciar e fiscalizar as contas públicas e promover provas que podem inclusive serem repassadas a autoridades competentes, como o Ministério Público, por exemplo, no entanto a maioria de nossos vereadores NADA FAZ.

Consentimento? Conivência? Pacto a quem promove tanta irregularidade? Queremos Saber.

Quem pode, paga um plano de saúde, ou faz um esforço e se desloca a hospitais, laboratórios e clínicas da iniciativa privada, e quem não? Quem paga o preço alto diante de tantos absurdos protagonizados por nossos governantes infelizmente é a população mais pobre, que é maioria.

Enquanto isso, cadê a maior parte de nossos vereadores para defenderem os interesses do povo? Cadê a força da CÂMARA MUNICIPAL DE IGARAPÉ-MIRI? DE QUE LADO VOCÊS ESTÃO?

 BOTO E VEREADORES NO CAUS

Anúncios

8 comentários sobre “IGARAPÉ-MIRI EM CAUS… E DE QUE LADO ELES ESTÃO?

  1. A que ponto chegamos, um cidadão miriense tendo que perguntar para um grupo de vereadores de que lado eles estão, se estão do lado do povo ou do “gestor” municipal. Seria cômico se não fosse trágico, um vereador que deveria ter um único lado, o lado de quem o elegeu, sendo perguntado se ficará do lado do prefeito ou se vai defender os interesses da população. Mas pra quem já ouviu a vereadora Ângela dizendo que ela é governo, ou seja, quem já viu os poderes que até a presente declaração da vereadora seriam independentes, se misturarem, nada mais vindo desse grupo de “legisladores” se é que podemos chama-los assim, me surpreende.

  2. Wlisses, perfeita a sua síntese: é o cúmulo do horror; temos de perguntar se um Vereador/a, que deve obrigatoriamente defender o POVO, se ele defenderá esse Povo ou se ele/a continuará a defender o chefe… de muitos parlamentares…

    Caos, e caos hermenêutico, epistemológico, teórico, doutrinal, conceitual. Cruz Credo

  3. É lamentável a mediocridade da maioria dos vereadores que infelizmente fingem que nada está acontecendo. Não creio que essa tal CPI da saúde dê em alguma coisa, a não ser que acabe em pizza. O caos (grafado com “o”) na saúde lamentavelmente é uma realidade. Triste situação. Ô mudança dolorosa para os filhos de Igarapé-Miri, meu Deus!
    Esse preço que o povo está pagando pela erro que a maioria cometeu nas urnas é muito alto. Nunca visto em Igarapé-Miri.

  4. CAROS MUNICIPES MIRIENSES ASSISTINDO O FANTASTICO ONTEM A NOITE ME LEMBREI DO NOSSO QUERIDO E ABANDONADO MIRI. SERÁ QUE ESSE REPORTER
    NÃO PASSARÁ PELA NOSSA CIDADE PRA MOSTRAR TUDO DE RUIM QUE ESTA ACONTECENDO EM NOSSO MUNICIPIO?
    ACREDITO QUE ESSES MESMOS VEREADORES QUE HJ ESTÃO CONTRA A CIDADE
    PEDIRÃO NOSSO VOTO NA PROXIMA ELEIÇÃO E AI SÓ NOS RESTA DAR O TROCO
    NÃO ELEGENDO MAIS ESSES TRAIDORES.

Os comentários estão desativados.