EDIR DECRETA ESTADO DE EMERGÊNCIA EM IGARAPÉ-MIRI POR 90 DIAS

DECRETO DE EMERGENCIA EDIR SETEMBRO 2014

Parece que o vice-prefeito de Igarapé-Miri, Edir Corrêa, não vai ter dias fáceis na Prefeitura.

Assumiu o cargo por força de ordem judicial e não conhecia nada da rotina administrativa, pois nunca havia assumido interinamente a prefeitura em quase dois anos de mandato.

O Município está com as contas bloqueadas, até que os bancos autorizem que o vice possa movimentar recursos. Isso pode demorar mais tempo, no entanto, o gestão pública não pode parar, especialmente a coleta de lixo, hospitais e colégios.

Mas para funcionar é necessário o pagamento de combustível, medicamentos e tantos outros bens e serviços.

Sem dinheiro e sem saber que empresas estão contratadas, restou a Edir decretar estado de emergência pelo prazo de 90 dias.

No entanto, a prisão do prefeito vai vigorar somente por 30 dias, salvo se ocorrer nova decisão judicial. É o que se lê nas notícias divulgadas pelo Ministério Público, pois o processo é sigiloso.

Certo que os fatos narrados no Decreto 030/2014 de 24/09/2014 mostram o caos administrativo que vive nossa cidade e está disponível no site da prefeitura.

Leiam e tirem suas próprias conclusões:

DECRETO 30.2014 ESTADO DE EMERGÊNCIA EM IGARAPE-MIRI

Anúncios