PESQUISA IBOPE: HELDER E JATENE EMPATADOS E VOTOS DO SEGUNDO TURNO

pesquisa-estimulada-16-08-2014-21-18-29

A pesquisa que revelou empate técnico entre Helder e Jatene também revelou a maior rejeição ao governador que quer a reeleição.

Esse fator pode ser determinante em um segundo turno.

Esse quadro, apesar de ser visto como vitória ao grupo governista, já que as pesquisas anteriores mostravam Helder com maior vantagem, também deve ser motivo de preocupação.

Os votos dos demais candidatos deverão ser decisivos em segundo turmo e certamente que a maioria são de opositores do governo. Se somarmos esse fato à rejeição do governador, pois sofre mais com as críticas pelo período de governo e de tantos anos do PSDB no comando do estado.

É mais fácil hoje os demais candidatos se unirem a Helder, menos o PSOL, do que a Jatene. Sendo assim, o governador ainda precisará crescer mais no gosto do eleitor para sair com folga para o segundo turno. No entanto, terá menos tempo de TV.

Já Helder terá que buscar se manter no mesmo patamar ou subir mais, suportando as críticas, em especial pelo vínculo familiar com o pai, Jáder Barbalho e ao período em que governou Ananindeua, que são as principais armas de seus opositores.

Vejam a matéria do Diário do Pará sobre a corrida eleitoral:

A primeira sondagem do Ibope sobre a corrida eleitoral para o Governo do Pará, encomendada pela TV Liberal, e divulgada neste sábado (16), aponta o candidato Helder Barbalho (PMDB), da coligação “Todos pelo Pará” a frente do candidato Simão Jatene (PSDB), da coligação “Juntos pelo Povo” na sondagem estimulada.

A modalidade de pesquisa é feita com a apresentação da relação nomimal dos candidatos. O peemedebista aparece com 38% das intenção de votos. O tucano está em segundo, com 37% das intenções. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. 

Na sequência da pesquisa estimulada, aparecem os candidatos do PCB, Marco Antônio; e do PV, Zé Carlos, ambos com 3%. Marco Carrera (PSol) e Elton Braga (PRTB) estão empatados com 2%. Os eleitores indecisos somam 9%. Já que disseram optar por votos brancos ou nulos somam 6%.

A pesquisa encomendada pela TV Liberal foi realizada entre os dias 11 e 14 de agosto. Ao todo 812 eleitores de 44 municípios foram ouvidos. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), sob o número PA-00004-2014 e no Tribunal Superior Eleitoral, sob protocolo BR-00379/2014.

VANTAGENS

Helder Barbalho tem vantagem entre os eleitores que recebem até dois salários mínimos, entre os adultos com 25 a 34 anos, e de 45 a 54 anos. Por escolaridade, Helder tem o melhor resultado entre os eleitores com ensino médio e ensino superior.  Jatene leva vantagem entre os eleitores de baixa renda, com renda de até um salário mínimo, entre os mais jovens, e os adultos na faixa etária de 35 a 44 anos.  o candidato do PSDB também se destaca entre os eleitores com ensino fundamental. Os candidatos do PMDB e do PSDB aparecem empatados entre os eleitores com as maiores rendas.

Na corrida para o Senado, Paulo Rocha e Mário Couto lideram preferência

Os candidatos Paulo Rocha, do PT, e Mário Couto, do PSDB, lideram com 16% a intenção dos votos, de acordo com os dados da pesquisa estimulada. Em seguida aparecem Duciomar Costa (PTB), com 14% dos votos e Jefferson Lima (PP), com 13%.
O professor Simão (PV) está com 5%, seguido de Helenilson Pontes (PSD), com 4%; Ângela Azevedo (PSTU), com 3%; Eliezer Barros (PRTB), Pedrinho Maia (PSOL) e Renan Rolim (PCB), com 1% das intenções de votos. Os eleitores que irão votar branco ou nulo somam 9%. Já os que não sabem ou não opinaram somam 16%.

 

Anúncios