FESTA DOS 300 ANOS MOSTROU FORÇA DE SUPERAÇÃO DOS MIRIENSES

IMAGEM DE SANTANA

A comemoração de 300 anos de Festividade de Sant”Ana pode ser considerada um sucesso na atual realidade do município.

A principal preocupação neste mês de julho era com a violência, mas a Audiência Pública ocorrida na Barraca de Sant’Ana, o reforço do policiamento (em especial da PM), as melhorias na iluminação pública na área do Arraial, bem como a indignação da população que foi para as ruas pedir PAZ, foram fundamentais para uma festa sem incidentes.

É verdade que nem tudo ocorreu a mil maravilhas, mas se pode afirmar que a segunda quinzena de julho foi de PAZ. As crianças puderam passear e brincar no parque com mais tranquilidade e muitas festas religiosas e profanas ocorreram com manifestações de fé e alegria.

O Círio Terrestre teve um pequeno incidente, com a quebra do carro que levava a imagem da Padroeira. Mas esse fato só fez motivar os fiéis que acompanhavam a procissão. Nem a demora, o cansaço e as ruas esburacadas fizeram desanimar os devotos, que chegaram ao final da caminhada ainda mais fervorosos com a devoção à Santa.

O Círio Fluvial também transcorreu com muita alegria e muitas homenagens nas ruas e estradas, manifestadas por pedestres, motoqueiros, barqueiros e o povo que vive nas margens dos rios. A chegada no Trapiche Municipal contou com uma multidão, recebida com muita animação,músicas religiosas e mensagens de fé.

A Missa Campal no dia de Sant’Ana, em 26 de julho, contou com a presença do bispo Dom Jesus Maria, que exortou os fiéis a refletir sobre a família, a superação das drogas, da violência e na busca da paz. O Padre Jucelino agradeceu a todos os fiéis e colaboradores pelo empenho na realização da Festividade, que cumpriu seu papel de fortalecer a fé e as boas ações na Terra do Açaí.

A poesia do Professor Paulo Sérgio talvez resuma o sentimento Miriense por mais esse evento que mostrou certamente que o Povo é capaz de superar obstáculos e transformar nosso cidade em um local bom de se viver em paz e na graça de Deus.

Segue a poesia, gentilmente cedida para divulgação no GM:

300 ANOS DE SANT’ANA

Trinta décadas de festividade

De vida religiosa a comemorar

A Padroeira de nossa Cidade

Fez no tempo a Fé aumentar.

 

Gerações por ela abençoadas

Muitos casais unidos no Altar

Crianças na bênção amparadas

As missas em rituais a celebrar.

 

É homenageada da Igreja Matriz

Com suas luzes o povo protege

Sejam os peregrinos da pura raiz

Ou caminhante que graça recebe.

 

Trezentos anos dessa fiel história

Os devotos em julho a celebram

Círio fluvial é momento de glória

Famílias e amigos unidos rezam.

 

Testemunha dos dias que correm

Sant’Ana com inspiração ensina

Sagrado manto a todos comovem

Do Andor todo povo fiel ilumina.

 

Padres em sua Paróquia serviram

E Ministros da Eucaristia também

A Cidade seus exemplos cultivam

Rendendo graças dizendo Amém.

 

Salve a intercessora dos mirienses

Que nos dias de festejos a Fé renove

Comemorando no clamor das preces

O religioso rito que a todos comove.

 

Igarapé-Mirí mergulhado em orações

Pedaços dos fatos de minha memória

A Santa Padroeira enlaça os corações

Dos devotos em seu apogeu de glória.

 

(Belém, na noite do dia 30 de julho de 2014, memórias do

300º aniversário do Círio de Sant’Ana).

Paulo Sérgio de Almeida Corrêa

Igarapé-Mirí-Pará-Brasil

e-mail: paulosac@ufpa.br

Anúncios

2 comentários sobre “FESTA DOS 300 ANOS MOSTROU FORÇA DE SUPERAÇÃO DOS MIRIENSES

  1. Paulo muito bom. Quem sabe não algum compositor miriense transforme essa linda homenagem em uma linda canção pra nossa padroeira.

Os comentários estão desativados.